Blog CP4

5 Programas de Intercâmbio para Trabalhar no Exterior


Brasileiros procuram opções de intercâmbio nos destinos  de estudo e trabalho no exterior.

Pensando nisto, a CP4 Cursos no Exterior separou para você conhecer 5 destinos para estudar e trabalhar no exterior. Assim você pratica o idioma, mergulha na cultura local e vivencia integralmente esta experiência de intercâmbio virando um verdadeiro cidadão do mundo.

Vamos saber qual se encaixa no intercâmbio dos seus sonhos?
Para facilitar a sua escolha, listamos alguns destinos que permitem que o brasileiro trabalhe legalmente.

Canadá

Para você poder estudar e trabalhar no Canadá, é necessário estar matriculado em um curso de especialização com duração de 6 meses ou mais tempo. Os cursos podem ser em Colleges ou outras instituições de ensino superior, reconhecidos pela imigração.

Você precisa ter um nível de conhecimento de inglês para poder cursar programas como Diplomas em Atendimento ao Cliente, International Business, Marketing. Ou ainda um programa específico para você criar sua própria startup e ter investidores canadenses apostando em você. Esta pode ser uma das maneiras inclusive para iniciar um processo de imigração para o Canadá.

Você, como intercambista, pode trabalhar até 20 horas por semana, legalmente, durante seus estudos.
O Canadá tem um alto padrão de qualidade de vida e é considerado um excelente destino pelos brasileiros.
A CP4 tem um Departamento de Vistos para orientar você em todos os passos.

Irlanda

Este é um dos destinos mais populares para os intercambistas que pretendem trabalhar no exterior. A Irlanda permite que estudantes que fazem cursos acima de 25 semanas possam trabalhar 20 horas semanais enquanto estiverem estudando.

Durante as oito semanas após o término do curso, entre os meses de maio e agosto e entre 15 de dezembro e 15 de janeiro, é possível trabalhar em período integral, até 40 horas por semana, em qualquer outra época do ano, o limite máximo de horas é de 20 horas semanais.

O visto é concedido na hora que você chega ao país e pode estudar inglês, uma graduação ou especialização, desde que a instituição seja reconhecida pelos órgãos oficiais do país. Muito importante também é o aluno demonstrar uma liquidez de € 3.000,00 na entrada no país.

Para quem tem interesse em imigrar, os mercados de tecnologia e financeiro são os que demonstram apresentar mais vagas. A Irlanda é um destino bastante procurado por brasileiros, porquanto a escolha da escola é muito importante para uma experiência única. Saiba mais lendo Irlanda, um país para você estudar e trabalhar .

A CP4 trabalha com várias cidades e programas para você poder escolher com tranquilidade e embarcar com segurança.

Austrália

A Austrália também permite que o estudante matriculado em um curso com duração mínima de 14 semanas. O curso pode ser de inglês, de especialização, vocacional ou ensino superior, desde que em instituição devidamente reconhecida pelos órgãos de regulamentação.

O visto é concedido no Brasil e a CP4 é especialista nestes processos. Os horários de trabalho são contados quinzenalmente e não semanalmente. O visto concede direito a trabalho sem limitações, benefícios do governo e a excelente qualidade de vida que a Austrália oferece.

A Austrália é um dos países mais procurados pelo intercambistas pelo povo hospitaleiro e oportunidades de trabalho. Saia mais sobre o programa.

Nova Zelândia

A Nova Zelândia oferece a oportunidade de estudar e trabalhar para os estudantes que se matricularem em um curso com duração mínima de 14 semanas. O curso pode ser de inglês ou ensino superior. Se for de inglês, a escola tem que ser Categoria 1.

O visto de estudo e trabalho na terra dos kiwis permite que você trabalhe até 20 horas semanais enquanto estuda. O visto é tirado no Brasil antes da viagem e a CP4 tem um Departamento especializado e vai direcionar você no que for necessário.

A Nova Zelândia é conhecida pela qualidade de vida e esportes radicais. Um país que tem de geleiras a praias, de observação de baleias a degustação de vinhos. É só você escolher.

Malta

Malta é outro destino que é possível estudar e trabalhar, porém o estudante deve estar matriculado em um curso com duração superior a 3 meses. O curso a ser realizado pode ser de inglês ou de ensino superior.

No caso de curso de inglês em Malta é recomendável se matricular em um curso de 6 meses ou mais,  pois só será possível trabalhar após 90 dias em Malta. O estudante deve primeiramente pedir a extensão do visto em Malta para depois solicitar uma permissão de trabalho.

Já no caso de ensino superior em Malta é possível solicitar a permissão de trabalho desde o inicio do curso. O curso de ensino superior deve ser reconhecido pelo sistema educacional de Malta. O estudante tem permissão de trabalhar legalmente 20 horas semanais.

Malta é formada por 3 ilhas, sendo exatamente Malta a mais conhecida. Está no Mediterrâneo, pertinho da Sicília, na Itália. Um destino que começa a ser desbravado pelos brasileiros que estão adorando.

Com certeza, um destes programas é o seu programa dos sonhos. Fale com um Consultor CP4 e comece a fazer suas malas para uma experiência única !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias










Afiliações e Associações