Whatsapp

Blog CP4

5 passos para iniciar seu intercâmbio com pé direito!


2021 começou e você finalmente já está pensando na realização do seu projeto de intercâmbio. Para iniciar seu processo, os especialistas da CP4 vão te dar os 5 passos para você poder se jogar de cabeça e viver a experiência do seu intercâmbio. Confira!

1. Defina o foco do intercâmbio

O primeiro ponto é determinar o porquê de você estar fazendo um intercâmbio. Há uma série de modalidades diferenciadas por faixa etária.

Teens
Para esta faixa etária, as opções são: Cursos de férias – aqueles que podem ser combinados com esportes ou de lazer. High School – para os jovens que desejam ter uma experiência de médio a longo tempo, estudando em uma escola de ensino médio. Mas existem também os cursos de Liderança, Moda, Games, Design, Gastronomia e Preparatórios para curso superior em Medicina e Direito. Estas são opções muito procuradas por jovens brasileiros.
Veja alternativas para Teens.

Young Adults
Se você já é universitário, pode estar querendo melhorar o idioma ou aprender um novo. As alternativas passam por cursos específicos para linguagem profissional, como Marketing, Business, Medicina e Direito, ou programas de Férias nas áreas de Liderança e Relações internacionais. Para quem procura programas de maior duração, um Certificado de 6 meses pode ser uma excelente escolha. Programas de Voluntariado e Estágio são ótimas alternativas para quem já está em períodos adiantados da faculdade. Mas há os que busquem Graduação e ainda os que pensam em um MBA ou outros programas de Pós , como LLM.

Veja aqui quais os cursos que você pode fazer.

Lembrando que há os programas específicos para o segmento Corporativo e para quem já está na época de investir no que gosta, Seniors , como cursos de Enologia, Pintura e Artes.

Nesta etapa, você está também definindo quanto tempo vai ficar fora. De 1 semana a 4/5 anos.

2.Para onde ir

Pesquisar sobre o país que você está pretendendo ir é essencial. Já tem algum em mente? Você já tem um país que sempre quis conhecer? Que tipo de cidade você gostaria de morar? Há pessoas urbanas, que querem uma cidade grande, com pubs e baladas, mas há quem prefira cidades pequenas para você realmente fazer uma imersão na cultura local. Pense também no clima. Frio ou calor, praia ou montanha? Importante também é o custo de vida, procure pesquisar quanto custam as coisas básicas, como refeições, refrigerantes, transporte. Normalmente nas cidades menores ou cidades que estão fora da rota turística, tem um custo de manutenção mais baixo.

Aqui você também vai levar em conta o tipo de curso e o visto que mais vai se adequar ao programa que vai fazer.

Saiba mais sobre os diferentes destinos.

3. Calcule e planeje seu orçamento

Fazer um planejamento do seu investimento é uma das partes mais importantes do seu intercâmbio. Lembre-se sempre que um intercâmbio é um investimento e não uma despesa.

Isso porque além do seu curso e acomodação, você também vai ter suas refeições locomoção e , claro, aproveitar todas as oportunidades para conhecer o mundo o máximo que puder.

Itens como seguro, documentação e visto também devem fazer fazer parte da sua estimativa.

Uma sugestão dos nossos especialistas é você sempre ter uma margem entre 5 a 10% para uma despesa eventual.

4. Viaje com um Seguro Internacional

Seguro internacional é uma coisa, plano de saúde e seguro de vida é outra. Saiba exatamente quais são as diferenças e viaje com segurança. Alguns países exigem que você tenha uma determinada cobertura de seguro, outros não especificamente. Veja quais as coberturas que fazem parte de cada plano, bem como o valor de cada uma e lembre-se, seguro é feito para não precisarmos dele, mas se precisarmos, temos que saber como funciona e quais os procedimentos para acionamento. Desta forma, você pode optar por um seguro que inclua perda de bagagem e outros detalhes.

Se você vai fazer um programa de esportes, como inglês com esqui por exemplo, você tem que ter um seguro que cubra eventuais situações ou quedas. Para quem está viajando agora, obrigatório ter um seguro que cubra o Covid.

5.Procure uma assessoria especializada

Você vai encontrar de tudo na internet, desde programas praticamente de graça até quem diga que ensina o caminho das pedras para você cursar Harvard com bolsa de estudo. É fundamental você encontrar uma empresa que possa te dar assessoria completa sobre tudo da sua viagem para que seu investimento valha a pena. É preciso reunir informações, avaliar o grau de maturidade do estudante, apresentar alternativas que sejam apropriadas para aquele participante , naquela fase da vida, avaliando o investimento X benefício. Fazer consultoria educacional demanda qualificação, preparação e estudo, visitas técnicas às instituições e constantes treinamento e atualizações. Não é porque alguém foi fazer um curso no exterior de 4 semanas que está qualificado para ser consultor. Pesquise empresas corretas, dê preferências as que são selo BELTA, que é um credenciamento nacional sério.

A CP4 é agência selo BELTA, IALC, Quality English, ICEF agency e cadastrada pelo Ministério do Turismo e Embratur.

Fale com a CP4 e vem com a gente realizar seu intercâmbio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias










Afiliações e Associações