Foi, falou e disse...

Decidi realizar esse programa porque sempre tive vontade de ter experiência de trabalho no exterior e também para observar o mercado hoteleiro na Europa.

Quando tinha 15 anos fiz um curso de Inglês com duração de 2 meses em Londres. Sou apaixonada pela Inglaterra e isso definitivamente me motivou a optar por lá.

Amei demais! Penso até que não viajei o tanto como deveria ter viajado, pois trabalhei muito, mas, mesmo assim, o país é lindo demais! Os Ingleses são reservados, porém, quando amigos, são muito amigos mesmo. Eles têm um senso de humor sarcástico, que eu adoro!

Swanage é uma cidade pequena, e linda, com muitos estudantes. Os Ingleses vão para Swanage para passar o verão nas casas que alugam na beira da praia. É uma cidade bastante pacata, de interior mesmo, com alguns restaurantes, Pubs e uma boate. Vale a pena conhecer pela beleza do lugar.

Minha experiência foi maravilhosa. O aspecto mais positivo foi fazer os amigos que tive, definitivamente. Muita coisa boa aconteceu comigo depois que me adaptei. Quando se fala a língua fluentemente, torna-se mais fácil ter boas experiências, porque nem mesmo os Ingleses sabem se você é inglês ou não, então a conversa flui muito bem.

Com o idioma não tive problema nenhum. O que para mim foi um problema, foi o fato de estar isolado um pouco isolado. Acostumar-me com ônibus de 2 em 2 horas, e somente até as 6 da tarde, foi realmente muito difícil, mas superei tudo isso com a minha mente e com a presença dos amigos.

O fato de estar no país onde a língua é falada facilita muito a assimilação da mesma já que você escuta o tempo todo e lê o tempo todo, não tem outra opção. É interessante conviver com pessoas de diferentes nacionalidades, é preciso ter a mente muito aberta.

Não viajei muito porque trabalhava bastante, mas fui pra York, Londres e Newcastle. Minha maior paixão é Newcastle que fica no norte da Inglaterra, lá moram os Geordies que são, pra mim, os melhores Ingleses de se conviver.

Hoje em dia, o Inglês é obrigatório. Diferencial é ter outras línguas. Acho que esse curso definitivamente abrirá portas. Em 2008, devo fazer meu Mestrado em algum lugar, mas ainda não decidi onde.

Patricia Lima

Patricia Lima

Swanage, Inglaterra


Continuar lendo outros foi, falou e disse...

Afiliações e Associações

Patricia Lima



Decidi realizar esse programa porque sempre tive vontade de ter experiência de trabalho no exterior e também para observar o mercado hoteleiro na Europa.

Quando tinha 15 anos fiz um curso de Inglês com duração de 2 meses em Londres. Sou apaixonada pela Inglaterra e isso definitivamente me motivou a optar por lá.

Amei demais! Penso até que não viajei o tanto como deveria ter viajado, pois trabalhei muito, mas, mesmo assim, o país é lindo demais! Os Ingleses são reservados, porém, quando amigos, são muito amigos mesmo. Eles têm um senso de humor sarcástico, que eu adoro!

Swanage é uma cidade pequena, e linda, com muitos estudantes. Os Ingleses vão para Swanage para passar o verão nas casas que alugam na beira da praia. É uma cidade bastante pacata, de interior mesmo, com alguns restaurantes, Pubs e uma boate. Vale a pena conhecer pela beleza do lugar.

Minha experiência foi maravilhosa. O aspecto mais positivo foi fazer os amigos que tive, definitivamente. Muita coisa boa aconteceu comigo depois que me adaptei. Quando se fala a língua fluentemente, torna-se mais fácil ter boas experiências, porque nem mesmo os Ingleses sabem se você é inglês ou não, então a conversa flui muito bem.

Com o idioma não tive problema nenhum. O que para mim foi um problema, foi o fato de estar isolado um pouco isolado. Acostumar-me com ônibus de 2 em 2 horas, e somente até as 6 da tarde, foi realmente muito difícil, mas superei tudo isso com a minha mente e com a presença dos amigos.

O fato de estar no país onde a língua é falada facilita muito a assimilação da mesma já que você escuta o tempo todo e lê o tempo todo, não tem outra opção. É interessante conviver com pessoas de diferentes nacionalidades, é preciso ter a mente muito aberta.

Não viajei muito porque trabalhava bastante, mas fui pra York, Londres e Newcastle. Minha maior paixão é Newcastle que fica no norte da Inglaterra, lá moram os Geordies que são, pra mim, os melhores Ingleses de se conviver.

Hoje em dia, o Inglês é obrigatório. Diferencial é ter outras línguas. Acho que esse curso definitivamente abrirá portas. Em 2008, devo fazer meu Mestrado em algum lugar, mas ainda não decidi onde.



Continuar vendo outras viagens